25 de junho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Município do Rio lança campanha contra o cigarro eletrônico – Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro

4 min read

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) lançou a campanha “Cigarro eletrônico em lugar nenhum, muito menos dentro de você”, para marcar o Dia Mundial sem Tabaco, a ser celebrado nesta sexta-feira, dia 31 de maio. A campanha  – que trata tanto das questões relativas à legislação quanto dos efeitos dos dispositivos eletrônicos de fumar sobre a saúde – é um dos resultados da participação do município do Rio na Parceria para Cidades Saudáveis (PHC, na sigla em inglês), uma iniciativa global de mais de 70 cidades pela mitigação de doenças crônicas não transmissíveis. O programa tem a chancela da Organização Mundial da Saúde (OMS)

Em vídeos e posts divulgados nas redes sociais da Secretaria Municipal de Saúde e em cartazes fixados em unidades de saúde e locais públicos, a campanha busca desmistificar a ideia de que o cigarro eletrônico faz menos mal do que os cigarros tradicionais de tabaco e de que não vicia. Pesquisas já realizadas em nível mundial apontam que os dispositivos eletrônicos de fumar liberam substâncias tóxicas que são cancerígenas ou aumentam o risco de doenças cardíacas e pulmonares. E muitos usuários têm o primeiro contato com o dispositivo precocemente, na adolescência.

– Essa é uma campanha muito relevante e estamos felizes de ter o apoio da OMS nesta ação. Nosso objetivo é conscientizar as pessoas sobre os efeitos do fumo e do uso do cigarro eletrônico. A população precisa estar corretamente informada para evitar os malefícios à saúde que tanto o tabaco quanto esses dispositivos eletrônicos podem causar – disse o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz.

Um dos vídeos da campanha tem a participação da influencer Manuela Cit, com mais de 1,6 milhão de seguidores do Tiktok (@manuelacit) e 1,4 milhão no Instagram (@manucitdaily). A jovem, de 20 anos, faz um depoimento forte contando sua experiência com o cigarro eletrônico, que começou a usar quando tinha cerca de 12 anos. O uso prolongado do dispositivo começou a afetar sua saúde, causando falta de ar, pontadas no peito, dificuldade para realizar atividades físicas e de concentração, e a afastou do seu sonho de passar para Medicina. Hoje a influenciadora mudou radicalmente de vida e inspira pessoas com o seu lifestyle saudável e ativo, além de cursar Medicina na UFRJ. O conteúdo será publicado nas redes da influencer em colaboração com as redes da SMS no Dia Mundial sem Tabaco.

Além do material gráfico e de audiovisual divulgado, as unidades de Atenção Primária do município também aderem à campanha desenvolvendo ações de conscientização com os usuários. As atividades visam alertar sobre os malefícios do fumo – incluindo os causados pelos cigarros eletrônicos – e conscientizar a população para a adoção de hábitos de vida mais saudáveis. Entre as atividades desenvolvidas estão palestras, salas de espera, rodas de conversa, ações de saúde bucal, atividades físicas e distribuição de informativos.

Programa de Controle do Tabagismo

A Secretaria Municipal de Saúde oferece assistência para quem quer parar de fumar. O Programa de Controle do Tabagismo atua de forma transversal para promover a saúde da população a partir do estímulo à adoção de hábitos de vida mais saudáveis. Desde o início do ano, há 1.500 pessoas em tratamento para deixar de fumar na rede municipal de saúde.

O tratamento é oferecido pela Atenção Primária (clínicas da família e centros municipais de saúde) e conta com grupos de apoio, consultas individuais com médicos e com enfermeiros, dentistas e outros profissionais da saúde. As abordagens são individualizadas, seguindo a orientação para cada caso, com aconselhamento, orientações para situações de abstinência e, quando necessário, medicamentos para auxiliar a lidar com a síndrome de abstinência à nicotina. Fumantes que quiserem deixar o cigarro podem buscar ajuda na sua unidade de saúde de referência.

Sobre a parceria para cidades saudáveis

No ano passado, o Rio foi escolhido – junto a outras 12 cidades de diversos países – para a Aceleradora de Políticas Públicas desenvolvida pela Vital Strategies, uma das organizações que compõem a iniciativa Parceria para Cidades Saudáveis. Os participantes da Aceleradora de Políticas têm acesso a uma série de treinamentos e intercâmbios colaborativos focados na tomada de decisão baseada em dados, estratégia, comunicação estratégica e envolvimento das partes interessadas. O programa também integra recursos e conhecimentos da OMS.

 

Categoria:

  • 30 de maio de 2024
  • Marcações: campanha cigarro eletrônico Dia Mundial sem Tabaco OMS

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    NÃO PERCA