25 de junho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Agência Minas Gerais | Pesquisa aponta falta de atenção dos condutores como uma das principais causas de acidentes de trânsito em Minas

3 min read

Dos 93.992 acidentes de trânsito registrados em Minas Gerais entre janeiro e abril deste ano, 47% (44.512) tiveram como causa presumida a falta de atenção dos envolvidos. 

Na capital, o Anel Rodoviário foi a via que mais contabilizou sinistros, em geral. Esses e outros dados estão no novo Painel de Acidentes de Trânsito, ferramenta de business intelligence (BI) publicada nesta quarta-feira (29/5) pelo Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp).

O painel é interativo e permite a qualquer cidadão acessar dados de vítimas, causas, endereços e condições das vias dos acidentes de trânsito registrados no estado. O objetivo é dar mais transparência às estatísticas relacionadas à temática e, assim, facilitar a construção de políticas públicas para reduzir os índices de acidentes e de vítimas de trânsito em Minas Gerais. 

“Aproveitamos o encerramento do Maio Amarelo, mês de conscientização da sociedade sobre um trânsito mais seguro, para lançar o novo Painel de Acidentes de Trânsito. Nosso propósito é dar cada vez mais transparência aos dados de Minas Gerais, para que possamos direcionar ações, programas e políticas”, explica o subsecretário de Integração da Segurança Pública, Christian Vianna. 

A ferramenta

O novo Painel de Acidentes de Trânsito foi desenvolvido pelo Observatório de Segurança Pública, da Sejusp, e tem como fonte os Registros de Eventos de Defesa Social (Reds), extraídos por meio da Base Integrada de Segurança Pública (Bisp).

Pela ferramenta é possível filtrar estatísticas por ruas ou avenidas, município, Região Integrada de Segurança Pública (Risp), tipo de veículo, condição física da vítima e causa presumida dos acidentes registrados desde 2014 no estado. Além de estratificar acidentes com e sem vítima, o painel também detalha a faixa etária, sexo, cor/raça e escolaridade da vítima. 

Os usuários também conseguem consultar os acidentes em um mapa com posição geográfica aproximada das ocorrências, além de checar condições e tipos de via, pavimento, iluminação e sinalização. 

Cenário

No primeiro quadrimestre de 2024, 27 mil pessoas foram vítimas de acidentes de trânsito em Minas, sendo 616 delas vítimas fatais. 

A maioria das vítimas tem entre 18 a 29 anos e 70% são homens. Colisão lateral e choque de veículos lideram os tipos de acidentes registrados neste ano, embora 88% das vias tenham sido classificadas como em boa condição de tráfego. 

Os automóveis estão envolvidos na maior parte dos acidentes no geral, mas quando o recorte é de acidentes com vítimas, as motocicletas estão no topo entre os tipos de veículos envolvidos. 

 



Sejusp / Divulgação

Maio Amarelo

Para fechar as programações do movimento Maio Amarelo de 2024, a Sejusp promove, na manhã desta quarta-feira (29/5), ação educativa de conscientização com pedestres, motoristas e motociclistas na Praça da Savassi, em Belo Horizonte. 

Durante a ação, as forças de segurança pública do Estado, com instituições parceiras, estarão reunidas em abordagens ao público local, que poderá acompanhar simulações de resgate e apresentações da Transitolândia, entre outros. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA