22 de julho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

mulher ocupa primeiro lugar com maior nota

4 min read

fotografia do secretário de segurança pública de São Paulo, Guilherme Derrite, um homem branco, de terno e cableo curto apertando a mão de uma policial militar fardada
Secertário da Segurança Pública de São Paulo, Guilherme Derrite, durante formatura da Polícia Militar

Em uma profissão de risco como a de policial militar, que exige coragem e força, ser policial e mulher é motivo de muita honra. A mais nova soldado PM Letícia de Brito, que se formou nesta sexta-feira (14), teve a maior nota entre os mais de 1,1 mil soldados na formatura da Polícia Militar.

Ela afirma que nunca duvidou de sua capacidade nem da de suas colegas. “Nós mulheres somos tão capazes quanto os homens. Temos dedicação e muita capacidade de vencer. O segredo é não duvidar. Se é um sonho, temos que ir atrás”, enfatizou a soldado de Brito.

A formatura da Polícia Militar ocorreu na Escola Superior de Soldados, em Pirituba, na zona norte de São Paulo e contou com autoridades como o governador do estado, Tarcísio de Freitas, e o secretário da Segurança Pública, Guilherme Derrite.

A mãe da nova policial se emocionou ao ouvir o nome da filha como a primeira colocada da turma. “É uma grande conquista. Espero que ela sirva de exemplo para outras mulheres que têm o sonho de entrar na polícia”, disse.

O que motivou Letícia, de 26 anos, a estudar e se dedicar tanto para se destacar entre a turma foi a família. Ela explica que, quem passa como primeiro da turma tem a oportunidade de escolher o batalhão e a região onde irá trabalhar, caso tenha vagas. Por isso, escolheu ficar perto da família, em Limeira, no interior do estado.

Durante a formatura da Polícia Militar, o secretário da Segurança Pública destacou o trabalho da Polícia Militar no combate ao crime organizado. Agora, com um novo efetivo formado, o objetivo é ter ainda mais força para combater a criminalidade.

“A Polícia Militar, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros do Estado de São Paulo, não são só exemplos para todo o país, mas também são a última barreira que existe entre o crime organizado e a sociedade”, destacou.

integrantes do Corpo de Bombeiros de São Paulo fardados e enfileirados. Um deles segura uma bandeira vermelha da corporação

O governador motivou os novos soldados 2ª classe ao pedir que “eles não parem por aí” e que “continuem estudando”. “A formatura representa uma imersão em um túnel do tempo. É de hora pensar no passado, presente e, principalmente, no futuro”, afirmou. “Chegar até aqui não foi fácil, é concorrido e o treinamento é duro, mas sei que estão prontos para transpor vários obstáculos”, concluiu.

Esta é a terceira turma de soldados 2ª classe que se formam na atual gestão, totalizando mais de 2,1 mil novos policiais com essa patente.

Homenagem da turma ao PM morto em combate

A turma de mais de mil soldados na qual Letícia fez parte levou o nome do cabo PM José Silveira dos Santos, morto em fevereiro deste ano durante a averiguação de uma denúncia de tráfico de drogas, no bairro Jardim São Manoel, em Santos, no litoral de São Paulo.

Diversos colegas de farda da vítima participaram da formatura e se emocionaram ao lembrar dos momentos vividos com o policial. Eles contam que, apesar do estresse e dos perigos enfrentados no dia a dia no trabalho, principalmente na região da Baixada Santista, o cabo Silveira se mantinha positivo e estava sempre sorrindo.

foto a luz do dia com policiais miliatres fardados posicionados em fileiras na formatura da polícia militar

O secretário da Segurança Pública, que esteve presente no velório do policial, afirma que foi um dos momentos mais tristes de sua carreira. “Ele entregou sua vida prezando pela segurança e deixou a esposa e uma filha de 14 anos. Não queremos que nenhum de vocês passem por isso e entendemos a angústia e preocupação dos familiares que nos entregam o que há de bem maior na vida de vocês para proteger a população”, afirmou Derrite durante o discurso.

Concursos da Polícia Militar em andamento

Atualmente, há três concursos em andamento para o preenchimento de 8,1 mil vagas para soldados PM de 2ª classe em São Paulo. Neste mês, a PM também abriu processo para selecionar 200 novos alunos-oficiais.

As escolas de formação da PM contam hoje com 2,9 mil futuros soldados e 649 alunos-oficiais. Em dezembro de 2023, o Governo do Estado autorizou a abertura de mais 2,7 mil vagas para soldados PM de 2ª classe, com lançamento do edital do concurso previsto para os próximos meses.

No final do ano passado, 909 novos policiais militares se formaram na turma “Soldado PM Patrick Bastos Reis”. O efetivo foi distribuído em batalhões da capital, Grande São Paulo, Baixada Santista e Corpo de Bombeiros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA