18 de julho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Agência Minas Gerais | Governo de Minas e concessionária apresentam lote Vias do Café para municípios do Sul de Minas

3 min read

Reinaldo Carvalho / Seinfra


O Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias (Seinfra), se reuniu, na sexta-feira (14/6), com autoridades dos municípios do Sul de Minas para esclarecer dúvidas sobre o projeto de concessão do lote 3 do programa de concessão do Estado de Minas Gerais, Varginha – Furnas.

As reuniões foram realizadas nas cidades de Varginha e Guaxupé e contaram com a presença do secretário de Estado de Infraestrutura, Mobilidade e Parcerias, Pedro Bruno, de prefeitos, deputados e vereadores da região, que puderam conversar diretamente com os representantes do estado e da concessionária EPR e conhecer o cronograma de execução dos trabalhos previstos no contrato.

“Este é um espaço de diálogo para poder apresentar o plano de investimentos e, também, uma oportunidade de verificar pessoalmente os benefícios que já estão disponíveis no trecho concessionado”, acrescentou Pedro Bruno.

O trecho de concessão Vias do Café abrange as rodovias CMG-491, BR-146, CMG-369, LMG-863, BR-265 e MG-167. São 432,8 quilômetros de extensão, contemplando 22 cidades incluindo São Sebastião do Paraíso, Guaxupé, Muzambinho, Monte Belo, Alfenas, Boa Esperança, Três Pontas, Varginha, Três Corações, entre outras.

A primeira etapa do contrato prevê a retomada das condições de trafegabilidade das vias e realização de melhorias iniciais, proporcionando mais fluidez e segurança aos usuários.

O presidente do Grupo EPR, José Carlos Cassaniga, reforçou que desde o início da administração do contrato, já foram investidos mais de R$ 308,2 milhões em melhorias ao longo dos 432,8 quilômetros de extensão das seis rodovias sob concessão da EPR Vias do Café. Somente em recuperação de pavimento, foram executados 582 quilômetros de micro revestimento e 157 quilômetros de fresagem e recomposição.

Nos dois primeiros anos deve ser feita a recuperação, manutenção e conservação das rodovias, a realização de obras de ampliação e melhorias, além de iniciar a prestação de serviços de atendimento aos usuários, como atendimento mecânico e médico pré-hospitalar.

Investimentos

Desde o início da administração do contrato, já foram investidos mais de R$ 170 milhões em melhorias iniciais ao longo dos 432,8 quilômetros de extensão das seis rodovias sob concessão da EPR Vias do Café.

Somente em recuperação de pavimento, foram executados 582 quilômetros de microrrevestimento e 157 quilômetros de fresagem e recomposição.

Ao longo dos 30 anos de administração, estão previstos investimentos em obras de ampliação da capacidade das vias, construção e melhorias dos dispositivos de acesso público, como faixas adicionais, adequações de pontes e viadutos, implantação de rotatórias e retornos, entre outros.

Desconto de Usuário Frequente

Assim como em outros trechos de concessão em Minas Gerais, o lote 3 disponibiliza um mecanismo de descontos para os usuários frequentes (DUF) da rodovia, por meio do qual o condutor paga o valor integral da tarifa somente uma vez por mês.

O desconto está disponível para veículos de categoria leve, que possuírem etiqueta eletrônica de passagem em via automática.

O DUF é uma metodologia que possibilita uma redução progressiva no valor da tarifa de pedágio, conforme a regularidade das viagens feitas pelo usuário, e começará a valer no início da operação das praças de pedágio.

Os descontos podem chegar a até 43% no trecho e são contabilizados a partir da segunda passagem pela mesma praça, no mesmo sentido, dentro do mesmo mês.

Os valores são distintos em cada uma das praças e estarão válidos a partir do início da operação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA