22 de julho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Agência Minas Gerais | Copasa usa tecnologia inovadora para resolver problema histórico em BH

2 min read

Uma tecnologia inovadora, recém-adotada pela Copasa, solucionou um problema histórico em Belo Horizonte. Desde junho, 132 metros de rede de esgoto foram implantados na Vila Acaba Mundo e no Morro do Carrapato, na região Centro-Sul da capital mineira, coletando o efluente de 14 imóveis que antes era lançado no córrego Acaba Mundo.

Para a execução da obra, foi definido a utilização da metodologia de junção através de eletrofusão, com o uso de tubos de Polímeros de Alta Densidade (PEAD), material resistente e mais apropriado para tecnologia implementada. O leito do córrego Acaba Mundo é bastante sinuoso e com várias pedras em seu percurso. Devido a essa característica, a construção de uma rede coletora de esgoto pelo método convencional seria inviável.

Segundo o gerente da Regional de Belo Horizonte Sul (GRBS), Rogério de Abreu Milhorato, “por fugir das soluções convencionais, a realização de obras como a do Acaba Mundo, em fundos de vale ou de coleta de esgotos em imóveis abaixo do nível da rua costumavam ficar pendentes”.

“Para estarmos alinhados com o propósito da Copasa, a gente tem buscado metodologias viáveis de implantação de rede para podermos atingir a universalização dos serviços de esgoto na capital, que tem metas estabelecidas pelo Marco Legal do Saneamento: abranger 90% da população brasileira com coleta e tratamento de esgoto sanitário até 2033”, explicou Rogério. 

Benefícios

Com a implantação da rede coletora de esgoto às margens do córrego Acaba Mundo finalizada, além do benefício da retirada do lançamento do esgotamento sanitário nesse curso d’água, o efluente produzido na vila passou a ser destinado para Estação de Tratamento de Esgoto (ETE-Arrudas), onde passará por tratamento adequado, até atingir o padrão estabelecido pela Agência Nacional de Águas e Saneamento Básico (ANA), antes de ser lançado no rio Arrudas.

Além disso, a obra já está garantindo melhoria ambiental para Parque Juscelino Kubitschek, onde passa um trecho do córrego Acaba Mundo, que já apresenta em seu espelho d’água um aspecto mais transparente, e também para situação social da Vila Acaba Mundo e Morro do Carrapato, promovendo um ambiente mais saudável e agradável para se viver

Com a parceria da Diretoria de Gestão de Águas Urbanas (DGAU) da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), a obra foi realizada para atender a uma Ação Cível Pública do Ministério Público do Estado de Minas Gerais (MPMG), que teve solicitação formalizada, junto ao órgão, através de uma iniciativa conjunta entre a Companhia Urbanizadora e de Habitação de Belo Horizonte (Urbel) e a população local, cujo objetivo é a coleta adequada de todo esgoto produzido na Vila Acaba Mundo e no Morro do Carrapato.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA