24 de junho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Agência Minas Gerais | Governo de Minas lança programa de capacitação profissional gratuita em 101 cidades

4 min read

O Governo de Minas lançou, nesta segunda-feira (20/5), o Programa Minas Forma, iniciativa pioneira desenvolvida para oferecer cursos gratuitos de formação profissional a pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Durante o lançamento do programa, o governador Romeu Zema destacou o potencial que essa oportunidade pode trazer para uma guinada na trajetória dos participantes. “Já vi as vidas de muitas pessoas mudarem quando se dá a primeira oportunidade. Pessoas simples, humildes, que estavam sem esperança e autoestima, a partir do momento em que se faz a ignição, muitas coisas podem ocorrer depois”, disse. 

“E o Minas Forma foi concebido exatamente por esse motivo, tenho certeza que vamos colher excelentes frutos lá na frente. A iniciativa está dentro daquilo que eu acredito, que governo não é para distribuir privilégios e sim para criar oportunidades”, observou o governador de Minas Gerais.

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social de Minas Gerais (Sedese-MG) é responsável pelo desenvolvimento do Minas Forma, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac em Minas), que pertence ao Sistema Fecomércio MG.

“Esse modelo é inovador porque estamos desenvolvendo questões sócio-emocionais, para a pessoa saber que ela é capaz e pode ter autonomia da sua vida, com o diferencial na mobilização e no acolhimento, assim como o acompanhamento sócio-assistencial individualizado para o desenvolvimento dessa pessoa e sua inserção nas oportunidades de trabalho”, explicou a secretária Elizabeth Jucá.

Capacitação profissional

O programa terá início com a disponibilidade 8,1 mil vagas, divididas em 356 turmas, distribuídas em 101 municípios Minas Gerais. Nesta fase, as vagas oferecidas serão para os setores de Turismo e Cultura, com foco no comércio e serviços, com apoio da Secretaria de Cultura e Turismo de Minas Gerais (Secult-MG).

Para a secretária de Estado Adjunta de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Josiane Miriam de Souza, a iniciativa se insere no crescimento do setor no estado, fruto de políticas públicas da Secult-MG e da vocação dos setores ligados à economia da criatividade. O Minas Forma, portanto, foi desenhado para qualificar a mão de obra e suprir demanda do mercado de trabalho e em acordo com os setores que mais abrem vagas.

Minas Gerais é líder de crescimento do turismo no Brasil. Com 31 milhões de turistas recebidos em 2023, o estado ocupou o primeiro lugar na variação do volume da atividade turística acumulada nos últimos 12 meses, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

“Os turistas querem vir para Minas, conhecer nossa diversidade, e para continuarmos crescendo e com solidez precisamos também capacitar a nossa força de trabalho, e estes cursos vêm atender essa demanda do mercado e contribuir para que essa pauta tenha ainda mais sucesso”, comemorou Josiane Miriam de Souza.

A primeira turma do programa – Técnicas Básicas para Garçom – começa no dia 27/5, na unidade Senac Barro Preto. Já no dia 3/6, na unidade Venda Nova, terão início as aulas do curso Técnicas Básicas para Camareira.

Bolsa-auxílio

Os cursos são práticos, com carga horária que varia entre 35 horas/aula e 100 horas/aula, e os estudantes regularmente matriculados serão beneficiados com o pagamento de bolsa-auxílio.

Os valores variam entre R$ 210, para as turmas de 35 horas, e R$ 600, para as turmas de 100 horas, quitados mediante presença regular em sala de aula.

Modelo

Com formações de curta duração voltadas para conteúdos práticos de ofício, e desenvolvimento de competências e habilidades socioemocionais, o programa visa permitir a preparação dos beneficiários para o mercado de trabalho e exercício da autonomia, por meio da ampliação de oportunidades de trabalho e geração de renda. Os cursos de formação profissional serão oferecidos pelo Senac, conforme contrato.

O cronograma das turmas foi definido pelo Senac e a Sedese-MG é responsável pela mobilização dos municípios contemplados e do público prioritário para formação das turmas.

Os Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de cada município contemplado ficarão responsáveis pela mobilização do público interessado em se formar por meio da capacitação e lideranças locais e instituições parceiras também poderão encaminhar novos alunos para matrícula.

Municípios

Os seguintes municípios serão contemplados na primeira fase do programa:

Alfenas, Araguari, Araxá, Arcos, Barão de Cocais, Barbacena, Belo Horizonte, Betim, Boa Esperança, Bom Despacho, Bueno Brandão, Camanducaia, Campo Belo, Carangola, Caratinga, Cataguases, Caxambu, Congonhas, Conselheiro Lafaiete, Contagem, Coronel Fabriciano, Curvelo, Diamantina, Divinópolis, Dores do Indaiá, Entre Rios de Minas, Esmeraldas, Extrema, Fama, Formiga, Frutal, Gonçalves, Governador Valadares, Guaxupé, Ibirité, Igarapé, Ipatinga, Itabira, Itabirito, Itajubá, Itambacuri, Itanhandu, Itapecerica, Itaúna, Ituiutaba, Jaboticatubas, Jacutinga, Janaúba, João Pinheiro, Juatuba, Juiz de Fora, Lagoa da Prata, Lagoa Santa, Lambari, Lavras, Leopoldina, Manhuaçu, Mariana, Mateus Leme, Montes Claros, Muriaé, Nova Lima, Nova Serrana, Ouro Branco, Ouro Preto, Pará de Minas, Paracatu, Passa Quatro, Passos, Patrocínio, Pedro Leopoldo, Poços de Caldas, Ponte Nova, Pouso Alegre, Resplendor, Ribeirão das Neves, Sabará, Salinas, Santa Luzia, Santa Rita de Ibitipoca, Santana do Riacho, Santos Dumont, São João Del Rei, São João Nepomuceno, São Joaquim de Bicas, São José da Barra, São José da Lapa, São Lourenço, São Thomé das Letras, Sete Lagoas, Teófilo Ottoni, Timóteo, Tiradentes, Três Marias, Turmalina, Ubá, Uberaba, Uberlândia, Varginha, Viçosa, Volta Grande.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA