18 de julho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Agência Minas Gerais | Estado realiza mais uma ação de educação ambiental em comunidades próximas às obras do Provias, no Norte de Minas

3 min read

O Governo de Minas, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Gerais (DER-MG), realizou, entre os dias 21 e 23/5, mais uma etapa do Programa de Educação Ambiental nas obras de pavimentação da MG-479, no trecho que liga a sede urbana de Januária aos distritos de Tejuco e Pandeiros, no Norte de Minas. 

Esta é mais uma missão da equipe da Assessoria de Meio Ambiente do DER-MG na região com o objetivo de abordar o tema ambiental juntos às comunidades no entorno da obra, atendendo ao que determina o licenciamento ambiental, que prevê este tipo de abordagem a cada seis meses, em função da pavimentação da rodovia.

Durante três dias, a equipe do DER-MG desenvolveu várias ações.

No dia 21/5 foi realizada blitz educativa com a temática ambiental, no município de Januária.  As ações foram executadas em parceria com a Coordenadoria Regional do DER-MG de Januária e a Polícia Militar Rodoviária Estadual, com o objetivo de conscientizar e educar usuários sobre a importância da preservação ambiental. A blitz é parte do programa de comunicação social na gestão ambiental das obras na Rodovia MGC-479.

Foram abordados cerca de 200 veículos para entrega de lixeiras, contendo materiais como cartilhas sobre educação ambiental e comportamento no trânsito e adesivos.

Dias 22 e 23, as ações foram voltadas para oficinas de educação ambiental na Escola Estadual São José, no distrito de Tejuco, com o objetivo de conscientizar e educar cerca de 350 estudantes de todos os níveis escolares. Ao todo, foram realizadas 16 horas de atividades, a partir de quatro oficinas temáticas.

Por meio de atividades expositivas, interativas e práticas, como realização de plantio de mudas e jogos lúdicos, os temas abordados envolveram desde os impactos ambientais relacionados à construção de rodovias e as respectivas medidas que são adotadas pelo DER-MG para minimizá-los durante as obras, até a importância das ações pessoais para a preservação ambiental e a importância da valorização do patrimônio local.

As oficinas foram divididas em quatro módulos:

Oficina 1 – Ecolíderes: Abordagem de conceitos ambientais importantes e promoção de boas práticas ambientais;

Oficina 2 – Florescendo o Futuro: Tratar e consolidar conhecimentos de ecologia e meio ambiente. Explicar a importância da preservação ambiental e os benefícios do plantio de árvores;

Oficina 3 – Patrimônio: Promover a valorização e preservação do patrimônio cultural e histórico, bem como conscientizar os alunos sobre a importância de preservar e valorizar o patrimônio, seja ele material ou imaterial;

Oficina 4: Explorando a vida selvagem: Envolver e sensibilizar os alunos à temática principal de resgate de animais silvestres.

Impactos

“Os impactos da chegada de uma rodovia pavimentada influenciam diretamente aspectos ambientais e humanos. Preparar comunidades para que esses efeitos sejam minimizados no cotidiano das pessoas e do meio ambiente é uma forma de conscientizar que a chegada do asfalto proporciona o progresso, mas demanda adaptar a vida a novos hábitos comportamentais”, explica o assessor de Meio Ambiente do DER-MG, Felipe Dutra de Resende. 

O Programa de Educação Ambiental do DER-MG tem como premissa informar e sensibilizar a sociedade para a relação com o meio ambiente, buscando a compreensão da interdependência entre diversos componentes e possibilidade de uso sustentável dos recursos naturais.

Além disso, é abordado a implementação dos programas ambientais referentes à obra no trecho de 46,6 quilômetros da rodovia. 

Iniciadas em julho do ano passado, as obras na rodovia MGC- 479 são divididas em dois lotes. O primeiro segmento liga Tejuco a Pandeiros e o segundo Januária a Tejuco.

Executadas pelo DER-MG, as atividades têm o aporte de R$ 80 milhões por meio do Provias, maior pacote de obras rodoviárias da última década, e emprega 317 funcionários diretamente e gera outros 935 indiretos. 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

NÃO PERCA