15 de junho de 2024

IPATINGA FC

Site não oficial do Tigre quadricolor de Minas, notícias do futebol mineiro

Conselheiros justificam não e retificam voto para venda de shopping do Galo – Superesportes

2 min read

foto: Bruno Sousa / Atlético

Conselheiros do Atlético na sede administrativa do clube, no bairro de Lourdes

Os dois votos para não autorizar a venda do Diamond Mall, shopping do Atlético situado no bairro de Lourdes, região Centro-Sul de Belo Horizonte, repercutiram nas redes sociais. Os dois membros do Conselho Deliberativo, no entanto, tinham a intenção de aprovar a negociação do ativo do clube e, por isso, voltaram à sede do clube para retificar o voto.  

Saiba mais

Os dois conselheiros procuraram os jornalistas na sede do Atlético para explicar o erro cometido. “Nós votamos errado. Retificamos o voto. Deu tudo certo agora. Foi por livre e espontânea vontade, porque foi errado mesmo. Estou feliz e satisfeito. Meu filho me ligou perguntando se votei contra e me deu uma bronca danada”, disse Adamastor Nascimento, completando.”Na hora que voltei, meu filho me ligou e perguntou se votei contra. Ele estava acompanhando. Aí voltei para cá”, relatou o conselheiro. Quem também votou não, mas corrigiu o voto na sede do Galo foi o conselheiro Hélio Caetano. “Não pude ver o texto corretamente porque estou com um problema de visão. Tão logo percebi que estava errado, voltei para fazer a retificação”. O conselheiro afirmou que é a favor da venda do Diamond Mall e relata que é o momento certo para negociar o ativo. “Desde o início desse projeto, já era a favor. Eu vinha comentando com outros conselheiros que tinham dúvida. Jamais poderia fazer um voto não. Meu voto é sim, é o momento certo para realizar esse negócio devido aos problemas do clube, que é sanar essa dívida o mais rápido possível para evitar essa correção absurda, esses juros que estamos pagando anualmente, uma vez que o shopping não vem rendendo anualmente. Então meu voto é sim”, completou.Para aprovar a venda da porcentagem restante do Diamond Mall (49,9%), o Atlético precisa que 2/3 do Conselho vote a favor. Desta forma, 280 conselheiros precisam concordar com a alienação do shopping, avaliado em R$ 363,2 milhões (valor divulgado pelo clube durante o Galo Business Day).   

Fonte: www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/atletico-mg/2022/05/30/noticia_atletico_mg,3970786/conselheiros-justificam-nao-e-retificam-voto-para-venda-de-shopping-do-galo.shtml